Milán Fust

Milán Füst (Budapeste, 1888–1967), escritor, dra-maturgo e poeta húngaro, nasce no seio de uma família judia pertencente à pequena nobreza em- pobrecida. Depois de completar estudos em Direito e Economia, leciona numa escola comercial. Em 1908, trava conhecimento com o escritor Ern? Osvát e publica o seu primeiro texto na revista literária Nyugat («Ocidente»), para a qual colaborará até ao seu fecho, em 1941. A sua obra, sobretudo na poesia, evidencia um deliberado pessimismo perante a vida e o mundo, bem como um interesse pelo destino e condição do Homem. Foi influência decisiva para a sucessiva geração de poetas e escritores húngaros. Recebeu o prémio Kossuth em 1948 e foi apontado como a escolha óbvia para o prémio Nobel de Literatura em 1965, que, porém, acabaria por não lhe ser atribuído. O romance A feleségem története («A História da Minha Mulher») foi publicado em 1942 e está traduzido em diversas línguas. Encontrava-se até hoje, assim como a restante obra deste importante escritor, inédito em Portugal.

Livros do autor

A História da Minha Mulher: Apontamentos do Comandante Störr

Milán Fust

A História da Minha Mulher é um desses livros que produzem no leitor um efeito tão sedutor e febril que este, ao se deixar levar pelo seu feitiço, corre o risco de reavaliar qualquer outro livro, para não mencionar o sentido da própria vida.