• Autor Lev Tolstoi
  • Ilustrador
  • Coleção Ficção Traduzida
  • ISBN 9789896231989
  • PVP 15,29 € (IVA incluído)
  • preço livre
  • 1ª Edição novembro 2014
  • Edição atual 3.ª
  • Páginas 160
  • Apresentação
  • Dimensões 130 X 225 mm
  • Idade

Publicada postumamente em 1912, Khadji-Murat é a última obra de grande fôlego de Tolstoi.

Uma história de luta e vingança. A história trágica e sublime do chefe guerreiro que decide abandonar os seus companheiros, que combatem obstinadamente contra a tirania do czar e, para reivindicar a sua própria liberdade, se alia ao inimigo russo. «Aquela que considero a melhor história do mundo, ou pelo menos a melhor que li até hoje.»  Harold Bloom, Cânone Ocidental

«O livro é uma obra-prima do Tolstoi tardio, num registo poético pouco comum. É também um livro fundamental para se perceber a guerra na Tchétchénia.» António Pacheco Pereira

Lev Nikolayevich, Conde Tolstoi (1828-1910), é o autor de obras como Guerra e Paz, Ana Karenina ou A morte de Ivan Ilich e Sonata a Kreutzer, e um dos escritores mais lidos no mundo. Foi também um dos pensadores sociais mais influentes do seu tempo, gozando na Rússia da época de uma popularidade que rivalizava com a do próprio Czar. Convencido, tal como Rosseau, seu mestre, que a sociedade corrompe o Homem, impôs-se desde jovem um programa pessoal de aperfeiçoamento das suas capacidades morais e intelectuais com o objectivo de operar sempre o Bem. Esta sua visão da vida está bem patente nas suas personagens e descrições ficcionais, sempre submetidas a uma lente moral.