• Autor Carmen Laforet
  • Ilustrador
  • Coleção Ficção Traduzida
  • ISBN 9789728791902
  • PVP 16,59 € (IVA incluído)
  • preço livre
  • 1ª Edição junho 2014
  • Edição atual 2.ª
  • Páginas 272
  • Apresentação
  • Dimensões 150 X 225 mm
  • Idade

Numa Espanha franquista dos primeiros anos do pós-guerra, ancorada na tradição e agressivamente suspeitosa a qualquer novidade «ideológica» surge o romance de estreia de uma jovem autora desconhecida que revolucionará a literatura e agita a sociedade da época.

Nada é a história de Andrea, rapariga estranha e de conduta insólita. Chegada a Barcelona para começar uma nova vida, Andrea penetra no submundo da Rua Aribau, onde a sua família pobre e enlouquecida vive os anos cruéis da ocupação franquista da cidade. Ao longo de um ano Andrea vive a sua «educação sentimental», no meio de personagens ambíguas e conturbadas, empurrada por um desejo de liberdade que repele as normas da conduta correcta, ao mesmo tempo que descobre a cidade e o seu próprio caminho para a vida adulta.

Carmen Laforet (1921-2004) originária de Barcelona, cresceu em Las Palmas, Canárias, para onde a sua família se mudou. Regressa a Barcelona após a guerra civil (1936-39). As heroínas dos seus romances são em larga medida autobiográficas, reflectindo a própria vivência da autora. Nada, o seu romance de estreia, vence o prémio Nadal e torna-se em pouco tempo num caso editorial destinado a entrar na galeria dos clássicos modernos. A autora é um dos maiores expoentes do «tremendismo», estilo que se caracteriza pelas suas imagens de intensidade violenta e grotesca. A partir dos anos 60 Laforet deliberadamente afasta-se da cena literária e mundana. Morre em Madrid aclamada como um dos maiores vultos da literatura espanhola.