• Autor Selma Lagerlöf
  • Ilustrador
  • Coleção Distribuídos por Fábula
  • ISBN 9789896232313
  • PVP 12,99 € (IVA incluído)
  • preço livre
  • 1ª Edição abril de 2017
  • Edição atual 1.ª
  • Páginas 100
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 150 X 225 mm
  • Idade

Plano Nacional de Leitura
Literatura - dos 12-14 anos

Numa pequena cidade costeira os habitantes perguntam-se o que se passa com a natureza: é quase Verão e o mar continua gelado. Três soldados, nobres escoceses, aguardam que o seu barco desencalhe para partirem com o seu misterioso baú. Um deles, um homem elegante e bem vestido, reconhece a jovem Elsalill, que trabalha na estalagem após ter escapado aos assassinos que mataram toda a sua família. Elsalill não se recorda deste homem e dentro dela nascem emoções fortes que colocam a sua vida em risco.  

«Um romance fantasmagórico, um conto de fadas cheio de intriga e de suspense, de paixões proibidas e de uma justiça superior que  se sobrepõe a tudo.» New York Times

«O Tesouro é uma pérola da narrativa curta. É a história de um amor ameaçado pela moral e por um fantasma que chora pedindo vingança. Dificilmente deixará um leitor indiferente.» - José Riço Direitinho, Público

Selma Lagerlöf (Mårbacka, Suécia, 1858 - 1940), romancista, contista, autora de relatos infantis e de viagens, detentora do primeiro prémio Nobel de literatura atribuído a uma mulher.

O seu primeiro romance, A Saga de Gösta Berling, de 1891, foi transposto para o cinema (1924), com Greta Garbo. O seu maior sucesso editorial foi A viagem maravilhosa de Nils Holgersson através da Suécia, publicado em 1906. O conjunto das suas obras traduzido em mais de 40 países.





Outros livros da mesma autora

A Saga de Gösta Berling

Selma Lagerlöf

Romance magistral, obra-prima intemporal da literatura europeia, «livro de imaginação ardente, sobre o qual se constroem os castelos imorredoiros do sonho e da fantasia».

Os Milagres do Anticristo

Selma Lagerlöf

Os Milagres do Anticristo é um dos romances mais representativos de Selma Lagerlöf, pela primeira vez apresentado, em tradução do original, aos leitores portugueses.