• Autor Luigi Pirandello
  • Ilustrador
  • Coleção Ficção Traduzida
  • ISBN 9789896231576
  • PVP 12,00 € (IVA incluído)
  • preço livre
  • 1ª Edição abril 2011
  • Edição atual 1.ª
  • Páginas 144
  • Apresentação
  • Dimensões 150 X 225 mm
  • Idade

Marcantonio Ravì decide dar a mão de sua filha Stellina ao velho e rico Dom Diego Alcozèr, contrariando deste modo a vontade dela, que deseja casar com o jovem Pepè Alleto, por quem está apaixonada. O raciocínio, sensato e astuto, de Dom Marcantonio é bastante simples: casando com Dom Diego, a quem já poucos anos de vida devem restar, Stellina tornar-se-á brevemente numa bela, jovem e, sobretudo, rica viúva, livre de se casar com quem escolher sem temer um futuro incerto. Assim, para benefício de ambos, não resta a Pepè Allete se não esperar pela sua vez, pelo seu turno! Mas Dom Diego, uma vez casado, não dá mostras de querer abandonar este mundo tão depressa...

Um dos mais célebres romances de Pirandello, adaptado ao cinema e até hoje inédito em português, O Turno é a história picaresca de um complexo triângulo amoroso;uma divertida sátira social escrita por um dos maiores nomes da literatura mundial.

Luigi Pirandello (1867-1936), Prémio Nobel de Literatura em 1934, nasceu em Agrigento, na Sicília, transferindo-se mais tarde para Roma, onde deu início à sua carreira literária. É autor de uma vasta e variada obra, centrada na temática da identidade e numa singular visão do mundo, fortemente irónica e satírica. Escreveu um grande número de novelas, coligidas sob o título de Novelle per un anno (ao todo 15 volumes de 1922 a 1937); sete romances, entre os quais figura o célebre O Falecido Mattia Pascal (1904); e inúmeras peças teatrais, reunidas sob o título programático Maschere Nude (1918-1937) e entre as quais se incluem Sei Personaggi in Cerca d’autore (1921) e Questa sera si recita a soggeto (1930).

A obra de Pirandello é uma das mais representativas da literatura moderna e foi influência decisiva para autores como Jean-Paul Sartre, Samuel Beckett, Eugène Ionesco, Jean Genet ou Eugene O’Neill.





Outros livros do mesmo autor

O falecido Mattia Pascal

Luigi Pirandello

«Divertido, por vezes hilariante, mas também perturbador e trágico. Uma obra fundamental.» - The New York Review of Books

Um, Ninguém e Cem Mil

Luigi Pirandello

A hilariante descoberta de um nariz imperfeito está na base de um dos mais originais romances europeus desde Cyrano de Bergerac.